Chinelada do Sant’Ana em dois da IVI

O comentarista Wianey Carlet e o narrador Marco Antônio Pereira disseram no microfone da Gaúcha, ao fim do jogo contra o Lajeadense, que não era o dia de Barcos, o centroavante não estava bem.

Ora, se os dois escolheram com justiça Zé Roberto como a maior figura da partida, se Barcos foi o construtor, idealizador e costurador dos dois gols de autoria de Zé Roberto, como é que Barcos não estava bem? Se as duas jogadas mais eficazes do jogo, as que redundaram nos dois únicos gols, foram de autoria prodigiosa de Barcos, como ele poderia estar mal na partida?

Marco Antônio e Wianey viram outro jogo, que eu não vi. Barcos não jogou bem em Caracas, mas no sábado esteve estupendo.

Como eu escrevi há dias, lembrando o que disse o genial Nelson Rodrigues a respeito disso, a maioria dos jornalistas esportivos é constituída de pessoas não afeitas ao futebol e meros palpiteiros.

Foi o Nelson Rodrigues que escreveu, não fui eu. Mas estava ele com a razão, declaro.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s