Idiotas, burros e incompetentes: “fanáticos pelo torcedor” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Profiçionalizmu

Publicado em 25/04/2013 por gfbpa

Tanto meu pai quanto meu avô eram homens do trabalho, do sangrar as mãos na capina ou de ter 2 empregos para dar à família o melhor que podiam, eram homens de fibra. Homens que acreditavam na seriedade de algumas instituições. “O exército, a polícia, o juiz e o rádio” dizia meu avô. Com eles aprendi os valores, o respeito, a educação e adquiri algumas manias ou tradições. Meu pai tinha o hábito de escutar a Rádio Gaúcha. Dizia ele que: “Aprendi com teu avô que ouvia a Voz do Brasil todos os dias e por isso sabia das coisas que estavam por vir. O rádio é uma boa fonte de informações, pois ela não precisa da edição da televisão e nem esperar o horário do jornal. Notícia na hora. E a Gaúcha a gente escuta em qualquer lugar” Ouvia com ele os jogos do Grêmio na Gaúcha, por vezes me irritava com a mania que ele tinha de ligar na tv e ouvir no rádio. Maldito delei… E malditas saudades que sinto de ver meu pai e sua mania de fazer a barba ouvindo Rádio Gaúcha pela manhã.

Meu pai faleceu faz algum tempo, mas eu mantive a tradição dele de ouvir rádio pela manhã e de assistir, por vezes, o jogo na tv e ouvir na rádio…

Porém no mundo, nem sempre as coisas evoluem, algumas ficam estagnadas e outras regridem. Desde 2003, episódio das ovelhinhas, eu tenho percebido, com muita tristeza, uma decadência completa na qualidade dos programas de rádio. O rádio ou os jornalistas que ali trabalham, deixaram de lado o trabalho e a seriedade para tornarem-se torcedores ou piadistas de mau gosto. O que vejo hoje nas rádios é que quanto pior, melhor, quanto mais sem compromisso com a realidade mais espaço se tem. Tudo é galhofa ou é falta de profissionalismo…

Sempre evitei a teoria da conspiração, de achar que o mundo trama contra mim ou contra o que eu acredito. Achava inclusive que essa história da Rádio Gaúcha estar apoiando o inter desavergonhadamente era coisa da cabeça de gremistas fanáticos. Mas ontem tive a prova cabal de que eu estava errado. Na sua página no facebook a Rádio Gaúcha publicou isto:

Fonte: @Minwer

Fonte: @Minwer

Não adianta dizer que foram hackeados, que foi uma piada, uma brincadeira, culpa de um estagiário. É tudo uma série de fatos, uma seqüência de atitudes que culminaram com isso. Agradeço que meu pai e que Maurício Sirotsky Sobrinho não estejam vivos para ver no que se transformou a rádio que eles tanto amavam.

Assino o texto ,como os “qualificados” jornalistas gostam tanto de falar:

Uma fonte ligada a direção

EDITADO: vejam o tuíte do Diretor de Jornalismo da Rádio Gaúcha sobre o assunto supra citado:

Fonte: @Blogdomosque

Fonte: @BlogdoMosquetei

Baita resposta do nosso amigo @BlogdoMosquetei. Pelo visto, a rádio “fanática pelo torcedor” só trabalha para ouvintes burros (na visão do seu Diretor).

 www.sempreimortal.wordpress.com

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s