Os ítens oficiais da renegociação Grêmio + OAS

18jun

GRÊMIO E OAS REFORÇAM PARCERIA EM COLETIVA DE IMPRENSA

Novidades foram anunciadas no auditório da Arena

Share Share Share Share

Em encontro oficial com a imprensa realizado hoje (18/06), Grêmio, a OAS Arenas e a Arena Porto-Alegrense reafirmaram seu compromisso de parceria e divulgaram os ajustes do contrato, aprovado por unanimidade na noite de ontem pelo Conselho Deliberativo do Clube. O evento contou com a presença do mandatário gremista, Fabio Koff, do diretor superintendente da OAS Arenas, Carlos Eduardo Paes Barreto, e do presidente da Arena Porto-Alegrense, Eduardo Pinto, que detalharam as principais mudanças aprovadas.

Fábio Koff iniciou os discursos valorizando a aprovação dos ajustes no Conselho Deliberativo do Clube. “O Grêmio me proporcionou momentos de vitórias, de alegrias, e algumas frustações. Sem nenhum exagero, a emoção que experimentei ontem no Conselho Deliberativo, com a aprovação por unanimidade das alterações que nos tornam um ente só, valeu para mim tanto quanto a emoção que vivenciei em Tóquio em 1983. Teve para o Grêmio o sabor de uma conquista como o Mundial”, enfatizou.

Koff ressaltou que a relação está mais sólida e justa. “A Arena é do Grêmio. A Arena, um sonho, uma realidade, um templo como poucos, mérito de muitos, e orgulho de todos é do Grêmio. Ontem o Grêmio e a OAS celebraram um acordo para beneficiar o sócio, o torcedor, todos os apaixonados pelo Grêmio. A Arena agora é de todos aqueles que fazem do Grêmio o Clube de nossas vidas”, disse. O presidente do Tricolor foi ainda mais além: “A partir de agora, o Grêmio, a Arena Porto-Alegrense e a OAS estarão unidos por este propósito. Precisamos trazer para a Arena a alma que o Olímpico proporcionou nestes mais de 50 anos. Esta obra é um orgulho para todos nós”, finalizou.

Paes Barreto destacou que a torcida gremista se identifica com sua nova casa, entretanto, é preciso mais. “Estava faltando trazer a alma do Grêmio para o estádio. Isso é o que esperamos com as tratativas, trazermos essa garra que o Grêmio tem dentro de campo para somar. Para que a Arena possa ter sucesso, precisa dessa participação ativa do clube, e sempre fomos sensíveis sobre essa necessidade.”

Para Eduardo Pinto, o novo modelo de contrato contribuirá para um apoio mútuo: “Essa maior participação do Grêmio tem a finalidade de ajudar o sucesso da Arena. Temos tudo para também ajudarmos Grêmio, fazendo com que os sócios tenham maior conforto e segurança”.

Durante as negociações o Grêmio foi assessorado pela Quantitas Assessoria Financeira e os Novos Instrumentos Contratuais serão elaborados pelo Escritório R.Lupion Advogados.

Veja a seguir os compromissos que serão apresentados no novo Contrato:

1. Cooperação da OAS Arenas para a conclusão da 1ª Fase do “Memorial Grêmio na Arena”, do Centro de Treinamento Humaitá e para as suas novas instalações administrativas na Arena.

2. Cooperação do Grêmio na comercialização dos empreendimentos imobiliários do Olímpico e do Humaitá, através da cessão da sua imagem institucional.

3. Renegociação do Contrato de Cessão Onerosa.

4. Recebimento, pelo Grêmio, na qualidade de proprietário do Estádio da Arena, do Preço Fixo em parcelas mensais de R$ 583.333,33 (base Dez/2008) a partir de Janeiro de 2021, atualizado pelo IPCA-IBGE que no mês de Janeiro de 2013 corresponde à R$734.723,38 e do Preço Variável de 65% com base no Lucro Líquido Ajustado (LLA) da ARENA apurado em 30 de junho e 31 de dezembro de cada ano civil.

5. Pagamento, pelo Grêmio, do montante de R$ 25.000.000,00 decorrentes de aportes financeiros da OAS, mediante compensação com o Preço Variável da remuneração que o Grêmio faz jus na qualidade de proprietário do Estádio da Arena.

6. Política de preços de ingressos e mensalidades dos Sócios Torcedores, definidas em conjunto pelo GRÊMIO e pela ARENA.

7. Grêmio receberá participação financeira de 10% e 15% no valor das Cadeiras Gold e Gramado, respectivamente, as quais serão comercializadas exclusivamente a adquirentes Associados ao Grêmio, exceto para compradores corporativos (pessoas jurídicas).

8. Aprimoramento das práticas de Governança Corporativa da Arena Porto-Alegrense.

9. Participação do Grêmio no Lucro Líquido Ajustado (LLA) da ARENA limitado, quando positivo (lucro), a 65% do LLA positivo e, quando negativo (prejuízo) a 50% do LLA negativo até o limite de oito vezes o valor anual do Preço Fixo da remuneração que o Grêmio faz jus na qualidade de proprietário do Estádio da Arena.

10. Troca dos ativos (Estádio Olímpico e Estádio da Arena) mediante a conclusão do laudo de vistoria final do Estádio da Arena por empresa especializada contratada pelo Grêmio de que as obras da Arena foram concluídas e que não há nenhuma pendência estrutural construtiva. Até que sejam obtidos, pela ARENA, o alvará definitivo do Corpo de Bombeiros e a Carta de Habitação (habite-se definitivo) do Estádio da Arena, o Grêmio conservará a posse do Estádio Olímpico e poderá utilizá-lo na impossibilidade legal de uso do Estádio da Arena.

11. Novos Instrumentos Contratuais serão definidos em comum acordo pelas áreas jurídicas das partes envolvidas.

Fotos: Lucas Uebel/Grêmio

 
 
Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s